Modelo de supervisão

O pedagógico modelo de supervisão para o estágio da faculdade de educação, em seguida, apresentamos está aberto a melhorias constantes dos campos 1997-98 até os dias atuais. No ano de 2005 Consolidou-se no que hoje é exibido na figura e está sob revisão permanente com a reforma curricular existentes que determinam o escopo, objectivos e programa dependendo do grau e do nível do estágio (EU,II e III).

centros-facultadesNosso modelo pedagógico é definido por um modelo de parceria entre os usuários que estão em instituições dispersas, mas que trabalham para tornar esta parceria frutífera e produtiva, onde a experiência do estudante um projeto de ensino acompanhado o guardião e constante avaliação formativa com o supervisor da Universidade. "Espaços virtuais ajudam o aluno na aquisição de habilidades para que no futuro, é um professor que aprende em"comunidades virtuais de aprendizagem"com uma grande amplitude e diversidade em TIC. Este modelo considera estas linhas de cooperação (Ver figura) como seria:

Para. Cada Supervisor realiza uma comunicação permanente e uma avaliação formativa com um grupo de estudantes espalhados em diferentes centros. Usando um ePortafolios.
B. Este ePortafolios é único, mas tem áreas comuns onde você pode se comunicar entre diferentes alunos do Professor e também com todos os outros do grupo classe. O programa, las tareas, los vídeos compartidos con Open Video Annotacion -OVA- y la eRúbrica es común para todo el grupo de clase.
(C). O professor da Universidade oferece aos alunos de outras disciplinas, voluntariamente a possibilidade de desenvolver projetos e exercícios de colaboração e apoio estudantes no estágio. Esta colaboração foi estendida para alunos de outras instituições, como tem sido a Universidade de Granada, Universidade de Huelva, Universidade de Jaén e a Universidade de Vigo.
D. A relação entre o supervisor e o professor pode ser mediada através de canais conhecidos (Email, telefones, videoconferencial, etc) y por la posibilidad de utilizar todas las herramientas puesta a disposición del Practicum como ePortafolios, Erubricas, ÓVULOS, fóruns, etc.
E. Criado numa base voluntária entre os estudantes de outras disciplinas na Universidade, mas em outros cursos de comunicação (de forma experimental y según las posibilides de cada curso, projetos colaborativos com alunos de diferentes universidades), em ambos os casos, sempre como projetos colaborativos e suporte o estágio de estudantes. Para fazer isso, geralmente é criar um espaço privado e exclusivo para este grupo.
F. Acompanhamento ao estudante pelo tutor do centro de uma permanente e baseado em uma rubrica. Todos os tutores realizada a avaliação a partir da mesma rubrica, e pode ser entregue à autoridade sob a carta selada e assinado em papel ou electronicamente por Erubrica.